Problemas com os sites de pirataria – Não entre nessa

Criar Site no Webnode

pirata digital 2

Os sites de pirataria pipocaram aos montes na internet em uma época que um certo programa de afiliado fingiam que não viam aceitavam sites que distribuíam conteúdo protegido por direitos autorais.

Muitos webmasters viram nisso, uma oportunidade de ganhar dinheiro com este tipo de site, visto que criar um site de distribuição de conteúdo pirata é extremamente fácil, na verdade, a maioria destas pessoas apenas roubam copiam e colam o conteúdo de outros sites, que também já foram copiado de outros sites.

Além disso, os sites de download de músicas, filmes, seriados, programas completos e etc., são bem populares, recebendo uma grande quantidade de visitantes todos os dias.

Porém, o rumo da história mudou completamente quando no meio deste ano, o “certo programa de afiliado” tomou a decisão drástica de não tolerar mais os sites que contenham conteúdo pirata, cancelando centenas de contas e passando a não aceitar o cadastro de novos candidatos a pirateiros.

Muitos webmasters se viram perdidos/desiludidos com esta situação, já que sabiam que não poderiam mais ganhar dinheiro desta forma, que embora ilícita, era bem rentável.

Mas o que é a pirataria
A distribuição/cópia não-autorizada/ilegal de material protegidos por direitos autorais, sem a expressa autorização dos respectivos titulares, como é o caso de músicas, vídeos, programas e imagens, obtendo lucro ou não, direta ou indiretamente.

Pirataria e a monetização de sites
A maioria das empresas que oferecem os programas de afiliados, não querem ver seus nomes associados a sites que possuam conteúdo que induzam/apoiem a violência, racismo, difamação, PIRATARIA e outros assuntos que o bom senso diz que é errado.

Isso quer dizer que sites que ofereçam estes tipos de conteúdo, dificilmente poderão ser monetizados de alguma forma eficaz, já que para a maioria dos sites, os melhores programas de afiliados são o Adsense, Lomadee.

Pirataria e a lei
Mesmo a pirataria digital é crime e é passível de multa e até cadeia (se você for menor de 18, ainda pode sobrar para os seus pais). Infelizmente eu não sei muito sobre leis, por isso não vou entrar em detalhes quanto as penas impostas no Brasil, por isso se você gostaria de saber um pouco mais sobre sobre o assunto, recomendo a leitura deste artigo.

Porque eu escrevi este artigo
Infelizmente é comum eu receber comentários e emails de pessoas com sites de distribuição de conteúdo que se encaixam nos perfis citados acima, perguntando qual o melhor programa de afiliado para o seu site.

Minha resposta simples e direta é que o site dificilmente poderá ser monetizado por não estar dentro dos padrões legais.

Minha recomendação para qualquer pessoa que estiver querendo iniciar um site, é que procure criar um site com conteúdo original.
Pode ser difícil no começo, mas as chances de conseguir ganhar mais dinheiro a longo prazo são maiores e dificilmente poderia ser abalado por um problema como o que aconteceu com o certo programa de afiliado.

Ps. O nome do programa de afiliado foi omitido para evitar problemas para ambas as partes. Mas basta uma pequena procura no Google.

Celso Lemes

Blogueiro Profissional. Conhecimento sobre Marketing Digital, Google SEO, Divulgação Online, Redes Sociais, Webdesign, Divulgação de Empresas

40 comentários em “Problemas com os sites de pirataria – Não entre nessa

  • 16/12/2009 em 10:53 am
    Permalink

    Ok… Também sou contra a pirataria!!! Mais mim diga uma coisa Celso, você sugere ao seus leitores que comprem todos os programas que eles tiverem necessidade, como os programas da adobe, que são bem baratos entre outros que não preciso citar…?Pois se esses sites sairem do ar, é isso que vai aconteçer.

    Resposta
    • 16/12/2009 em 12:23 pm
      Permalink

      Caio,
      Repare que esta não é a idéia do artigo, cada um faz o que quer, pode ou acha que pode. Minha idéia com este artigo é mostrar que a pirataria, além de estar errado, não é bom para monetização online.
      Ps. A pirataria é muito difícil de ser combatida, e pode vir a não acabar nunca.

      Abraço!

      Resposta
    • 08/01/2011 em 9:49 am
      Permalink

      Parabéns pelo seu texto também sou completamente contra a pirataria e estopu de acordo que os sites de afiliados devem realmente passar um pente fino em todos os blogs e sites que incentivem e oferecem esse tipo de atividade ilegal.

      Resposta
  • 16/12/2009 em 9:44 am
    Permalink

    Bom artigo. Eu sou contra conteúdo pirata.

    Resposta
  • 16/12/2009 em 1:04 pm
    Permalink

    Vendo a pergunta do Caio e resposta do Celso.
    Tive uma ideia que seria um bom artigo.
    Não vou postar lá na “sugestões de artigo” para aproveitar o gancho.

    Celso não seria bom um artigo de programas alternativos, eu só uso eles.
    e se pudesse usaria até linux, mas não roda o DEV C++, VB.NET , etc.
    Se precisar te passo uma lista bem legal.

    Apesar que o Baixaki tá ai, pro pessoal que não quer pirataria.

    Alternativa tem, só falta o Glamour(ou algo pareceido- não sei como se escreve).

    Falou : )

    Resposta
    • 16/12/2009 em 10:20 pm
      Permalink

      Thomaz,
      Realmente existem alternativas que poderiam ser utilizadas. O Gimp é um exemplo de editor profissional de distribuição gratuita, que se compra a grandes nomes como o PhotoShop.

      Me passe essa lista pela minha página de contato, por favor.

      Abraço!

      Resposta
  • 16/12/2009 em 3:07 pm
    Permalink

    É isso aí, eu também sou contra a pirataria! Pois não só estão pirateando como também querendo ganhar dinheiro com trabalho dos outros!

    Resposta
  • 16/12/2009 em 6:42 pm
    Permalink

    se eu nao me engano tem ate um artigo la no bxk falando um pequeno trexo sobre esses negocio lol.

    la tbm me encino uns negocio que eu nao sabia sobre span que so de passa o mouse para ver o link em baixo da tela pra ver se é confiavel. se o site é contaminado o virus se stala no pc.

    Resposta
  • 17/12/2009 em 9:37 am
    Permalink

    Bom artigo Celso. Pirataria realmente é revoltante, ainda mais digital. O problema é que é muito fácil copiar conteúdos e muito difícil punir quem o faz (talvez não seja tão difícil, mas pouca gente faz alguma coisa para mudar esse cenário). Enquanto não houver algum tipo de punição, isso vai continuar existindo e crescendo cada vez mais. No caso de empresas grandes de séries, filmes e músicas pode ser mais fácil de controlar (a MLB, liga americana de beisebol, é muito rigorosa quanto aos seus direitos. Já houveram diversos casos de pessoas que tiveram suas contas banidas mesmo pagando pelo serviço, pois a MLB descobriu que estas pessoas estavam divulgando seus videos ilicitamente). Atitudes como essas podem parecer extremas demais, mas talvez seja a melhor maneira de cortar o mal pela raiz.
    Agora no meu caso por exemplo, que não tenho reconhecimento nenhum, caso copiem meus conteudos estarei de mãos atadas. O que poderei fazer para provar qeu o conteudo é meu? Isso realmente é revoltante…

    Resposta
    • 18/12/2009 em 6:37 am
      Permalink

      Guishi,
      Existem sites que permitem que registre que o conteúdo é de sua autoria, no entanto dá trabalho e custam algum $$$, mas mesmo assim haverá pessoas que irão copiar seu conteúdo.
      Caso você descubra algum copiador, você poderá entrar com uma ação judicial e provar que o conteúdo é seu, mas repare que tudo isso consome dinheiro e tempo que poderia ser utilizado para estar criando conteúdo.
      Eu tenho diversos dos meus artigos copiados, no entanto eu parei de me preocupar com isso, não vale a pena.

      Uma ferramenta que eu descobri (ainda estou em fase de testes, pretendo publicar um artigo sobre ele) e que ajuda um pouco é o Tynt https://www.tynt.com , ele adiciona um link ao texto sempre que alguém tenta copiar algo do meu site.

      Abraço!

      Resposta
    • 22/12/2009 em 7:09 pm
      Permalink

      Guishi,
      Punição existe. Você pode conferir a Lei Anti-Pirataria (10.695/2003 do Código de Processo Penal).
      A pena pode chegar a 4 anos de reclusão, e multa.
      O problema de verdade, é a impunidade. Já que por trás da pirataria, rola muito dinheiro. E como é o dinheiro que (infelizmente) move o mundo, você já deve imaginar o porque da impunidade, não é?!

      Abraço.

      Resposta
  • 18/12/2009 em 12:48 pm
    Permalink

    uma boa ideia e criar um site/blog sobre televisão ou como o seu né celso mas… tipo assim, tem um programa gratuito na internet, como o firefox ou
    gimp, se eu distribui-se eles, seria crime.

    Resposta
    • 19/12/2009 em 9:25 am
      Permalink

      Jhonatan,
      Se o arquivo for protegido por direitos autorais, seria ilegal sim.
      O Firefox e o Gimp são programas gratuitos, que você poderia redistribuir sem problemas, mas repare que alguns programas possuem uma licença específica, podendo ser gratuita para usar, no entanto você não poderia redistribuir.

      Abraço!

      Resposta
  • 18/12/2009 em 2:40 pm
    Permalink

    Eu sou á favor da pirataria. Prefiro baixar um filme ou programa completo pela internet do que comprar original.

    Resposta
  • 18/12/2009 em 10:22 pm
    Permalink

    eu tbm sou contra a pirataria porem eu acho q deveria existir uma certa tolerancia… essas empresas q desenvolvem softwares faturam milhoes diariamente mtas vezes sem mecher um dedo… e mesmo assim todas vez q lançam um produto novo colocam seu preço nas alturas, algo acessivel para poucas pessoas… entao me digam uma coisa: pq ao inves de colocarem um preço baixo e acessivel para todos, de forma a vender mto mais e faturar mais dinheiro eles colocam um preço alto que realiza poucas vendas, assim sendo o lucro menor? isso na minha opiniao e uma incapacidade de adaptaçao ao mundo que vivemos hoje onde o fluxo de informações, como softwares por exemplo e praticamente incontrolavel. eles deviam pedir a seus publicitarios que pensassem em uma forma de lucrar com a pirataria. isso pouparia o trabalho “inultiu” da policia prendendo pessoas praticam pirataria que eh um crime leve.. dando a policia mais tempo para prender os verdadeiros bandidos.

    Resposta
    • 19/12/2009 em 9:33 am
      Permalink

      Willian,
      Realmente alguns desenvolvedores cobram preço absurdos muito fora dos padrões da maioria da população mundial. Mas infelizmente é assim que as coisas funcionam, acho até que eles querem que haja a pirataria (li em algum lugar que as grandes produtoras utilizam estes meios para fazer lançamentos).

      Abraço!

      Resposta
      • 22/12/2009 em 7:11 pm
        Permalink

        Não posso afirmar como verdade absoluta, mas rolam boatos que a pirataria começou como sendo o “caixa 2” das empresas, que queriam ganhar um dinheiro por fora, sem ter que “prestar contas”.
        É uma tese que dá para acreditar. Infelizmente.

        Abraço.

        Resposta
  • 19/12/2009 em 9:36 am
    Permalink

    Baixe Vip Down,
    Repare que você está fugindo do foco do artigo. A idéia aqui não é dizer que você não deve baixar conteúdo pirateado, mas sim dizer que estes tipos de sites não são rentáveis, podem dar problemas para quem os cria (ou para os pais caso seja menor de 18) e que é melhor criar um site de outro tipo de conteúdo.

    Abraço!

    Resposta
    • 25/12/2009 em 6:32 am
      Permalink

      Sim, eu di uma fugida celso do conteudo, mas criar sites/blog de downloads ganha + do que estes como o seu criarsites.com, criarblog.com e outros que você tem.

      Resposta
  • 19/12/2009 em 9:41 am
    Permalink

    Leandro,
    Isso aconteceu com muitos sites deste tipo, eu mesmo presenciei alguns amigos chegarem a ganhar mais de 1.000 reais por mês, mas depois que aconteceu essa mudança, eles passaram a ganhar menos de 30 reais.

    Abraço!

    Resposta
  • 20/12/2009 em 2:01 pm
    Permalink

    Não vou dizer que o programa de afiliados é o BUSCAPÉ.

    Resposta
  • 21/12/2009 em 2:01 am
    Permalink

    Celso, no final você disse tudo!!!

    Realmente não há coisa melhor de ter um site com conteúdo original, como você mesmo disse dá trabalho mas compensa mostrar as pessoas um diferencial que só você tem (e que provavelmente será reconhecido algum dia ou não – já que o mundo é mais injusto do que justo) e não mostrar um conteúdo baseado em CTRL+C e CRTL+V que não agrega em nada para o site.

    Por outro lado é uma “batalha” que desanima as vezes, afinal não é fácil mostrar as pessoas que seu conteúdo é original e não é apenas mais uma cópia desse ou daquele site mais conhecido!

    Abraços,

    Evandro Teixeira.

    Resposta
    • 22/12/2009 em 7:15 pm
      Permalink

      Evandro Teixeira,
      O mais difícil é conseguir colocar conteúdo original! As vezes você coloca alguma coisa, achando que foi o pioneiro, mas quando vê já está atrasado, e alguém já teve a idéia antes! 🙁
      Mas não devemos desanimar!

      Abraço.

      Resposta
  • 22/12/2009 em 6:56 am
    Permalink

    Vou falar a verdade, eu tenho um site de downloads de musicas, letras e clips, sei que é errado e o fato dos artistas lucrarem muito com shows e materias de tudo que é tipo não tira o fato de ser errado para os blogueiros de downloads, mas a verdade é se criarem uma lei muito rígida sobre pirataria na net muito sites importantes,profeissionais e famosos irão afundar juntos é o caso do rapdshared,megaupload,4shared,easyshared entre outros sites de hospedagem de conteudo que na sua maioria é ilegal pois não tem os direitos autorais, piratiar filmes na net, que acabarão de entrar nos cinemas é sacanagem pois impedirá de pessoas assistirem no cinema pois acharam melhor baichar, so que no caso de musicas, muitas bandas e artistas ficaram conhecidos,fomosos e até mais famosos so pelo fato de blogueiros darem atenção ao seus trabalhos, e depois eles mesmo criticam os blogueiros piratas (caso da lilly allen) ficou famosa graças aos blogueiros piratas ja agradeceu por isso, e hoje critica, eu acho que os artistas so ficam mais famosos com esse tipo de divulgação, afinal eles lucram mesmos são com os shows, esse é minha opinião.

    Resposta
    • 28/12/2009 em 7:44 am
      Permalink

      Risoca,
      O fato de existir músicas no 4shared, não significa que ele vai ‘afundar’ quando criarem uma lei rígida (certo que já existem leis para isso). As músicas no 4shared e entre outros sites são enviadas pelos próprios usuários que manipulam os termos.
      Está bem claro nos termos destes sites que é totalmente proíbido enviar conteúdos protegidos por direitos autorais.
      Tanto é que, a Britney Spears foi até o 4shared e pediu para que eles removessem os conteúdos dela, e fizeram isso. (Pode ver que não existe nenhuma música dela no site).

      Resposta
  • 26/12/2009 em 11:13 am
    Permalink

    muito bom artigo amigo gostei de mais parabén por sua inteligência e capacidade

    Resposta
  • 27/12/2009 em 12:57 pm
    Permalink

    Eh a pirataria é uma maneira de igualar as coisas… quem está afim de pagar 2000 por um a licença do photoshop no brasil… lá fora isso é pouca coisa!!
    + aki no 3º mundo é difícil…

    Resposta
  • 29/12/2009 em 6:14 am
    Permalink

    Guilherme,
    Muito boa a dica, vai ajudar muito as pessoas que se aventuram em criar este tipo de site, sem saber o que pode acontecer legalmente.

    Abraço!

    Resposta
  • 02/01/2010 em 5:44 pm
    Permalink

    Acho que o blogueiro, mas do que ninguém, entende isso, já que sofre na pele quando algum de seus textos é copiado descaradamente.

    Cada vez mais estou adotando programas open-source, que estão chegando quase no mesmo nível dos programas proprietários (como o Gimp, que citaram acima).

    Ah, mais uma coisa. Eu sinceramente não considero quem tem esse tipo de site um blogueiro.

    Resposta
  • 10/01/2010 em 8:26 am
    Permalink

    Olá, aproveitando o assunto pirataria eu queria fazer uma pergunta eu possuo um blog e toda vez que alguem entra nele o navegador diz que o meu blog hospeda alguma coisa de outro site e eu não estou sabendo de nada disso porfavor me ajude.

    ps: coloquei esta pergunta aqui pois não achei nada relacionado a minha dúvida

    Resposta
    • 10/01/2010 em 8:11 pm
      Permalink

      Hicharles,
      Aqui não apareceu mensagem nenhuma. Poste aqui qual é a mensagem exata que aparece no navegador.

      Abraço!

      Resposta
  • 10/01/2010 em 2:37 pm
    Permalink

    Celso Lemes, eu sou contra a pirataria.
    Eu já visitei sites com conteúdo pirata, mas há sites que além de terem conteúdo pirata ainda teêm conteúdo pornográfico, mas o pior é que se os sites com conteúdo pirata forem descobertos pelas autoridades não são só eles que vão ter problemas, os visitantes desses sites teêm de ter muito cuidado para não serem descobertos pois a pirataria é crime.
    Abraço.

    Resposta
  • 29/05/2010 em 10:49 pm
    Permalink

    Eu reconheço que pirataria é crime. Más se não houver pirataria e, as pessoas tiverem que comprar tudo que eles querem não irão conseguir quase nada. Então a minha pergunta é alguém vai comprar ou pagar as coisas para os mais pobres, quando a pirataria for retirada de tudo?
    pensem nos mais pobres também quando forem falar sobre isso, porque eles não tem dinheiro para tudo que eles querem.

    Resposta
    • 30/05/2010 em 1:22 am
      Permalink

      Marcos,
      Repare que a idéia do artigo é vista pelo lado das pessoas que criam sites para distribuição pirata e não para quem faz pirataria.
      Sei que a maioria da população não tem dinheiro para comprar os programas pagos, eu mesmo não sou santo.

      Abraço!

      Resposta
  • 07/06/2010 em 8:35 am
    Permalink

    estou trabalhando em um site (ainda nao o disponibilizei na internet)
    a minha ideia e colocar coisa para o programa q esta sendo a sensaçao no momento (para os DJ’S) virtualdj, a minha ideia é colocar efeitos para remixar as musicas, tutoriais de como utilizar o programa e até uma apostila como se fosse um curso basico (criados por mim e pelo pessoal que vai me ajudar na ediçao), e musicas em acapelas (essas terei que linkar, ou seja nao serão de minha autoria).
    gostaria de saber se terei problemas com o conteudo e se terei um possivel retorno ($$$$) com o site.
    fico muito grato com a atençao.

    Resposta
    • 07/06/2010 em 11:02 pm
      Permalink

      Daniel,
      Eu não entendo muito bem sobre os direitos autorais relacionados a música, portanto não saberia te dizer se teria problemas ou não. Por regra básica, você deve entender que qualquer tipo de material protegido por direitos autorais, não podem ser distribuídos sem a liberação do autor.
      Não sei dizer ao certo, mas eu acho que este tipo de sites é muito difícil de monetizar. Só tentando para saber.

      Abraço!

      Resposta
  • 10/03/2011 em 8:48 am
    Permalink

    Celso, bom dia.
    Li todos os comentários pois achei interessante. Queria te fazer uma pergunta, hoje em dia tem diversoes, milhares de blogs, sites com conteúdo pirata (softwares, jogos, filmes etc..). No seu ponto de vista classificando de 0 à 100 (quanto maior pior) qual as chances de um site de programas e jogos se dar “mal” ?

    Obrigado, e belo artigo.

    Resposta
    • 10/03/2011 em 11:59 pm
      Permalink

      Thiago,
      Eu diria que uns 5. Já vi vários blogs assim, que simplesmente sumiram, mas que não tiveram nenhum problema para o autor. Mas repare que você ainda tem a chance de se dar mal. É só uma dessas empresas grandes querer infernizar a sua vida.

      Abraço!

      Resposta
  • 20/03/2011 em 5:41 pm
    Permalink

    Todo mundo diz é contra a pirataria mas duvido que só comprem coisas originais ah se duvido!!! Quanta ipocresia aff quem ja nao baixou musica na net??? haha piada

    Resposta
    • 21/03/2011 em 11:28 am
      Permalink

      Paula,
      Acho que você nem leu o artigo para entender a idéia que eu tento passar com ele.
      E tem uma pequena diferença entre distribuir conteúdo pirata e ser um usuário de conteúdo pirata. Não vou dizer que sou santo, só não recomendo que ninguém crie um site assim pensando que é uma coisa normal e que não vá trazer problemas.
      Ah, e o certo é “hipocrisia”.

      Abraço!

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *