Perigos da Hospedagem Compartilhada na Web

Um guia geral sobre como diminuir os perigos da hospedagem compartilhada na web.

A hospedagem é um serviço que permite que seu aplicativo, loja virtual ou site seja disponibilizado na internet. A hospedagem é feita usando computadores especiais chamados servidores. Quando alguém digita o endereço do site no navegador, o dispositivo se conecta ao servidor. Existem inúmeros tipo de hospedagem, mais informação sobre este serviço você pode encontrar neste site, e quando se está a procura, provavelmente verá o termo “hospedagem compartilhada” com bastante frequência, esta por sua vez e bastante popular por oferecer soluções de hospedagem muito mais econômica, com relação às opções de hospedagem pagas.

Você já deve estar interessado na hospedagem compartilhada não é mesmo? Porém, preste atenção pois esse compartilhamento não é para todos. Antes de tomar essa decisão, saiba exatamente como você gosta de trabalhar se o compartilhamento é realmente a melhor opção para os seus negócios.

O compartilhamento de hospedagem tem seu próprio conjunto de prós e contras. Uma das principais
preocupações da maioria das pessoas é a exposição a ameaças à segurança, pois muitos sites estão
hospedados no mesmo servidor.

Os riscos de segurança vêm de sua base de compartilhamento. Quando um dos sites no mesmo servidor que o seu, é invadido, há uma alta probabilidade de que seu site também seja afetado. Nessa situação, as medidas de segurança aplicadas ao seu próprio site podem não ser suficientes para protegê-lo contra hackers.

Mas não se preocupe, pois existem algumas medidas que você pode implementar para garantir que seu site permaneça protegido contra invasores, hackers e outras atividades maliciosas.

1. Remova o desnecessário

Em outras palavras, tente manter seu site o mais limpo possível. Se você não estiver usando contas de FTP, contas de email e outros aplicativos, é melhor removê-los. Todos os arquivos que você não precisa, é melhor removê-los. Quando há arquivos extras indesejados, leva mais tempo para criar backups.

Se houver scripts desatualizados que o site não estiver mais usando, é melhor removê-los. Scripts
desatualizados são uma mina de ouro para hackers.

2. Faça backups regulares

Quase toda empresa de hospedagem alega ter backups regulares do site. No entanto, você não deve confiar apenas na sua empresa de hospedagem. Considere isso como uma medida à prova de falhas. Faça questão de manter seus próprios backups.

Para esse fim, você pode usar gerenciadores de arquivos.

3. Use senhas diferentes para contas diferentes

Certifique-se de usar senhas diferentes para contas diferentes, no caso de várias contas FTP. Se os hackers puderem descobrir que você está usando a mesma senha para tudo, como CMS, banco de dados MySQL e contas FTP, fica mais fácil danificar o site.

Lembre-se de continuar alterando suas senhas regularmente e fortalecendo-as usando uma combinação de letras, símbolos e números. Não use senhas fáceis de adivinhar. Existem muitas ferramentas geradoras de senhas aleatórias que podem ajudá-lo a criar uma combinação segura.

Não importa qual software e aplicativo seu site está usando no momento, é importante que você os atualize periodicamente. Não confie apenas nos scripts de instalação automática para executar as atualizações sempre que uma nova atualização do CMS for lançada. Aprenda a realizar atualizações manuais.

As atualizações são excelentes quando se trata de proteger o site contra qualquer tipo de segurança e
vulnerabilidades relacionadas à segurança.

5. Fóruns

Talvez você esteja usando o fórum CMS em seu site. Se estiver, não permita que eles usem Java Applets,
HTML ou injete código no fórum público. Você pode desativar a opção de fazer isso. É mais fácil banir os
usuários que possam estar usando código malicioso registrando-se em seu site.

Mas, em fóruns públicos, você precisará tomar medidas extras de segurança para garantir que os hackers não possam injetar o código.

6. Proteja seu computador

Se você usa um cliente FTP, verifique se o computador do qual está acessando está protegido. Os hackers
projetam vírus e malware para explorar a segurança do cliente FTP, a fim de obter acesso aos arquivos no seu site. Sendo assim mantenha seu computador protegido contra spyware, malware e vírus o máximo possível.

Instale um bom programa antivírus que possa acompanhar atividades sem escrúpulos.

7. Não armazene informações importantes online

As senhas e outras informações confidenciais devem ser mantidas em um computador que não esteja
conectado à Internet ou protegido pelo firewall antivírus. Mesmo que essa recomendação seja bastante comum, isso não significa que você pode negligenciá-la. Se um hacker puder acessar seu site e encontrar suas informações pessoais, como senha, ele poderá prosseguir e tentar obter o máximo de informações valiosas possível (informações bancárias, acessar arquivos particulares etc.).
Portanto, nunca mantenha suas informações valiosas no site sem as medidas de segurança adequadas.

8. instalações de CMS

CMS como WordPress, Drupal e Joomla são famosos por suas interfaces simples. Mas, se um hacker souber qual versão você está usando no momento, ele poderá usá-la para obter acesso ao site. Portanto, é imperativo que você oculte os plug-ins ou qualquer coisa que possa fornecer qual CMS você usa.

9. Empresa de hospedagem confiável

Uma excelente maneira de proteger seu site é indo com a melhor empresa de hospedagem que é grande em garantir a proteção do usuário. Embora todas as empresas afirmam fornecer essa proteção, nem todas necessariamente o fazem.Portanto, faça sua devida diligência antes de iniciar qualquer plano de hospedagem compartilhada.

Hospedagem compartilhada é definitivamente uma das opções de hospedagem mais baratas, mas apresenta um risco maior à segurança. Com hospedagem privada você tem muito mais liberdade para fazer o que deseja e possui uma quantidade maior de recursos. No entanto, você também pagará muito mais por esses benefícios. O fato é que a maioria dos sites não precisa muito dos recursos oferecidos por servidores privados e podem tranquilamente usar a hospedagem compartilhada.

É quase impossível para qualquer site ser 100% seguro – os hackers sempre encontrarão novas maneiras de atacar sites e roubar informações. Mas você pode dificultar isso tomando as medidas de segurança certas. Se caso optar em compartilhar uma hospedagem procure se atentar a essas medidas sugeridas , assim poderá proteger seu site da maioria das ameaças à segurança

Celso Lemes

Blogueiro Profissional. Conhecimento sobre Marketing Digital, Google SEO, Divulgação Online, Redes Sociais, Webdesign, Divulgação de Empresas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *