O que significa DNS? – Entendendo os domínios de sites

www - Entendendo os domínios de Sites

Este é um Guest Post (Blogueiro convidado) escrito por Alexandre da empresa de hospedagem profissional de sites Zooming.

Este é o segundo artigo de uma série sobre sobre endereços IP, DNS e domínios.

DNS significa “Domain Naming Services”, ou “Serviços de Nomes de Domínios”.

Este é o serviço responsável pela obtenção de um endereço IP a partir de um endereço de domínio, e é executado por servidores DNS.

Todo computador conectado à Internet tem configurações que indicam qual servidor DNS ele deve consultar para resolver nomes de domínios.

Ao digitar o endereço de um site no seu navegador, você estará iniciando todo um processo que efetua diversas consultas em servidores DNS para que este endereço seja “resolvido” no endereço IP correspondente.

As consultas feitas por servidores DNS seguem uma hierarquia, que não vem ao caso agora, mas que no fim chegam sempre ao servidor DNS final responsável pelo domínio.

Este servidor DNS final é o que possui todas as informações do seu domínio, como os registros “www”, “mail”, “smtp”, “pop”, etc (falarei mais sobre estes registros em um próximo artigo), e retornará o endereço IP destes serviços para o seu computador.

Finalmente, com este endereço IP, seu computador poderá enviar os dados ao servidor de destino correto, solicitando a pagina que você deseja ver no seu navegador.

Devem haver no mínimo dois servidores DNS com as informações do seu domínio, e eles normalmente são conhecidos como servidor Master e Slave 1.

O registro de um domínio é feito em empresas ou órgãos responsáveis, chamados Registrars (falarei mais sobre isso também em outro artigo). Ao registrar um domínio em um Registrar você deverá informar quais são os servidores DNS responsáveis por ele.

Por exemplo, os sites hospedados na Zooming tem seus domínios configurados nos servidores DNS “ns1.zooming.com.br” e “ns2.zooming.com.br”. Todos os domínios dos sites hospedados na Zooming tem os servidores Master e Slave 1 configurados com estes valores nos Registrars.

Você pode saber mais sobre os tipos de registros comuns lendo o artigo “Quais são os registros DNS comuns“. Para conferir todos os artigos, confira a série “Entendendo os domínios de sites“.

Este artigo foi escrito por Alexandre da empresa de hospedagem profissional de sites Zooming. Visite o site e prestigie o autor!

About Convidado

Este artigo foi escrito por um colaborador convidado (guest post).
Bookmark the permalink.

6 Comments

  1. Visão Downloads

    nossa bem legal esses artigos do Alexandre,
    quando terminar de todos os artigos sobre endereços IP, DNS e domínios vai ficar uma coisa bem completa e que vai direto pros favoritos de meu navegador

  2. Gosteii, apesar de ja saber! :roll:

  3. gostei apesar de ja saber ²

  4. José da Rocha

    Gostei do comentário. Só não entendi porque tem dias que tudo funciona as mil maravilhas. Outros dias nada; não consigo entrar no Messenger, nem abrir minha caixa de e-mails, etc.. Não creio que seja problema de configuração porque não iria funcionar dia sim dia não.
    Obrigado

Atenção antes de Deixar um Comentário!
- Se o seu comentário for relacionado ao post, tenha certeza de que o leu.
- Todo comentário obsceno, ilegal, ofensivo, anônimo, escrito todo em maiúscula, contendo gírias em excesso ou estritamente publicitários, serão "apagados".
- Somente inclua links no comentário se ajudar a explicar o seu comentário.
- Se precisa de ajuda, procure deixar o máximo de informação possível.
- Não peça para adicionar ao MSN.
- Spam não será tolerado.


Este site lhe foi útil? Então ajude na divulgação clicando aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>